TI: Países que mais contratam desenvolvedores

world

Seja no cenário nacional ou internacional, as empresas estão cada vez mais em busca de profissionais especializados da área de para preencher vagas na área de TI. E “ganhar em dólar” acaba sendo um fator decisivo na hora de escolher onde trabalhar, afinal, com a valorização da moeda representa um grande salto financeiro. 

A Pluo listou alguns dos países que mais contratam profissionais de TI, seja para gerenciamento de projetos, desenvolvimento de software, segurança da informação, análise e desenvolvimento de dados – JavaScript, HTML, Linux, Java, Python, entre outros.   

Canadá

O Canadá busca constantemente atrair profissionais de TI e realiza diversas ações de recrutamento por aqui. Toronto é a metrópole que oferece mais oportunidades, junto com Quebéc e Vancouver. Para se candidatar é necessário inglês ou francês fluente e ter formação em TI ou áreas correlatas. 

Portugal 

Com o excesso de vagas, Portugal criou um tipo de visto para atrair profissionais de TI do Brasil para lá. O chamado Tech Visa é menos burocrático e com o processo acelerado, já que tem direito a uma fila mais rápida para a análise e para ser elegível o candidato precisa ser recrutado por empresas que tenham aderido esse programa. 

Irlanda

O setor de ti é o que mais possui vagas no país. Além do inglês fluente, as empresas exigem profissionais da área com capacitações e habilidades específicas para as vagas oferecidas. São pelo menos oito conhecimentos mais procurados pelas empresas da Irlanda:

Git, sistema de controle de versão usado principalmente para gerenciamento de código-fonte no desenvolvimento de softwares; JQuery, biblioteca JavaScript projetada para simplificar o script no HTML; Eclipse, um ambiente de desenvolvimento integrado usado em programação de computadores; Web services, gerenciamento de armazenamento e relacionamento com clientes; Aplicativos da Web; Python, linguagem de programação; Data Engineering e Data Warehousing, design e construção de infraestrutura em nuvem para executar sistemas de processamento de dados em grande escala e HTML5, linguagem de marcação para o desenvolvimento de sites e aplicativos da web. 

Alemanha

A Alemanha teve um recente boom nas start-ups de tecnologia. Segundo um estudo Start-up-Barometer Deutschland, da Ernst Young, os investimentos em startups alemãs saltaram 88% em 2017, atingindo 4,3 bilhões de euros. Assim, com tamanha demanda profissional, cada vez mais brasileiros têm procurado oportunidades no país, já que o processo de visto também é menos burocrático. 

Polônia

Enquanto a Alemanha concentra mais startups, a Polônia tem empresas mais robustas. O diferencial do país e uma boa opção para se candidatar ás vagas oferecidas é que o Inglês fluente não é pré-requisito em todas as vagas, tendo oportunidades também para profissionais que falam português.

França

Na França, existem algumas carreiras que estão em alta e representam uma ótima oportunidade para estrangeiros qualificados. Entre os profissionais mais procurados na França, vale destacar: engenheiros de software e desenvolvedores, engenheiros eletrônicos, contadores, analistas de TI e gerentes de engenharia. O país, recentemente, anunciou que vai fixar, a cada ano, cotas para entrada de trabalhadores de acordo com a necessidade do mercado de trabalho local, o que inclui um visto de trabalho de duração pré-determinada. Em 2019, o governo francês emitiu 33 mil vistos de trabalho.

Share

Facebook
Twitter
LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Topics

Posts