Guia de Carreira Internacional – Como conseguir uma vaga no exterior?

Aprenda como trilhar uma carreira internacional e se livre das inseguranças com relação a síndrome do impostor, inglês, impostos e cultura!
Nunca mais perca oportunidades!

Inscreva-se na na Pluo e fique por dentro das melhores vagas internacionais direto na sua caixa.

Intro

Começar em uma nova oportunidade sempre é um momento sensível, ficamos inseguros com as mudanças. Incertezas com relação ao ambiente e ao futuro surgem e isso é normal. Quando se trata de uma mudança de carreira internacional, esse momento é ainda mais delicado, principalmente se for a primeira vez em que se trabalha para o exterior. 

Mas e se te dissermos que não precisa ser assim?

Uma carreira internacional é uma oportunidade incrível que acreditamos que todos devem ter acesso e trabalhamos diariamente para tornar possível. Então reunimos algumas dúvidas e inseguranças mais comuns para te tranquilizarmos nesse guia!

Como saber que estou preparado para uma carreira internacional?

A grande verdade é que nunca estamos completamente preparados para nada que é verdadeiramente desafiador, e o seu processo de crescimento profissional com certeza envolverá tomar riscos e buscar por oportunidades nas quais você ainda não se encaixa completamente.

Assim como geralmente falamos para as empresas, podemos repetir para você. É necessário compreender que não existe um profissional perfeito que atenderá todas os requisitos de maneira impecável. O mais importante é que você tenha disposição para correr atrás dos aprendizados que são necessários para chegar onde quer.

Sendo assim, a melhor maneira de saber se você está realmente preparado(a) é testar o mercado de coração aberto e sem medo de ser feliz. Talvez você receba algumas negativas, mas existem chances de você estar até bem mais preparado do que imaginava

Como testar o mercado?

Buscar Oportunidades

Existem diversas maneiras diferentes de se testar o mercado internacional. Você pode aplicar para múltiplas vagas, alheio aos requisitos e testar a aderência, ou ter uma abordagem mais analítica visando também montar um roadmap de estudos e aperfeiçoamento.

Testando o mercado no Free-Style
Testar o Mercado

Aqui você só aplicará para a maior quantidade de vagas possível, sem tomar muito cuidado sobre para onde você está aplicando ou para o nível de senioridade. É um método que não recomendamos, porque para além de ser cansativo e contraprodutivo, não vai te dar informações valiosas que você poderia tirar desse processo.

Por outro lado, pode ser uma tática interessante caso você queira ganhar mais casca para uma entrevista internacional, participando do máximo de processos seletivos possível (O RH não fica muito feliz com esse tipo de abordagem).

Testando de maneira analítica
Se destacar no mercado

Testar o mercado de maneira analítica é a melhor opção caso você queira se preparar com mais firmeza para novas oportunidades, checar inconsistências no seu conhecimento e pontos de melhoria alinhados com o mercado internacional. E não é algo dificil de se fazer. 

Aqui está o passo a passo:

  • Checar por vagas abertas 
  • Dentro dessas vagas abertas, escolher as empresas com maior alinhamento com sua cultura e ideais
  • Observar os requisitos das vagas
  • Observar as descrições
  • Preencher seu perfil com base no que identificou com as vagas
  • Aplicar se houver um match mínimo

Fazendo um estudo das vagas e mapeando os requisitos e descrições você é capaz de armazenar dados o suficiente para compreender quais sãos as skills mais requisitadas, o que é mais abordado dentro das descrições de funções e qual é o tipo de profissional ideal que é buscado por essas empresas.

Com essas informações em mãos você consegue montar um roadmap de estudo personalizado com o objetivo de atingir uma vaga que seria a média entre as que você se interessou. 

Lembre-se de que não é necessário atingir todos os requisitos necessários. A partir do momento em que você possui um match mínimo, já é o momento de aplicar para entender na prática esses processos.

Como lidar com a síndrome do impostor?

Sabemos que só a ideia de estar preparado para uma vaga muitas vezes não é o suficiente. As vezes não temos certeza de nossas habilidades e julgamos que ainda não é o momento certo para trilhar uma carreira internacional. Mas como lidar com isso?

Infelizmente ainda não temos a solução final para a tão famosa síndrome do impostor. Mas podemos te ajudar a dar a volta por cima e ganhar um pouquinho mais de confiança!

O que é síndrome do impostor?
Sindrome do Impostor

A síndrome do impostor acontece quando, através de uma percepção alterada, julgamos que não temos o potencial ou somos capazes de realizar algum feito, ou temos dificuldade de reconhecer nossas habilidades e talentos. Muitas vezes ligada a questões sociais, histórico familiar e pelo processo de aprendizado.

Como superar a Síndrome do Impostor?

Não existe resposta fácil, mas existem algumas soluções com base em uma abordagem mais analítica e até na mudança do famoso mindset que podem te ajudar a ter isso um pouco sob controle

De maneira Analítica

Uma das melhores maneiras de você conseguir ter uma percepção real das suas habilidades é colocando-as à prova. Você pode fazer isso através de:

  • Realização de desafios online gratuitos relacionados à sua área de atuação
  • Allinhando e trabalhando em conjunto em comunidades com pessoas que desenvolvem o mesmo papel que você
  • Comparando seus resultados com outros players do mercado no seu mesmo nível de experiência

Além da parte prática. Você pode constantemente checar o seu roadmap de estudos para observar os seus avanços. Se torna muito mais dificil não reconhecer suas habilidades quando elas estão documentadas e o seu progresso é claro. Pode parecer um pouco chato a princípio, mas isso vai te gerar maior segurança no longo prazo.

Mudança de mentalidade

A mudança de mentalidade também pode te beneficiar bastante a partir do momento em que você já tem as habilidades mínimas necessárias, sabe disso, mas ainda se restringe em aplicar para as vagas com medo de não ser o suficiente.

Nós acabamos partindo do princípio de que todos sabem exatamente o que estão fazendo e estão completamente aptos para suas posições. Mas e se eu te contar que isso não é verdade?

A maior parte das pessoas está aprendendo todos os dias como fazer o próprio trabalho e é muito comum encontrar pessoas em cargos de liderança internacional com grandes lacunas de conhecimento. Ninguém tem um livro de instruções completas sobre como fazer determinada coisa, e não cabe a você ser a pessoa dotada de todo o conhecimento da verdade também.

Então não se cobre tanto. Se permita errar e se coloque em posições que podem te induzir ao erro. Essa é a melhor forma de se desenvolver profissionalmente e pessoalmente. 

Pense no seu desenvolvimento como uma escada em que cada novo desafio representa um novo degrau. Quanto mais degraus você sobe, mais alto chegará. A cada novo desafio superado, você se torna um pouco melhor e a sua confiança aumenta junto, permitindo com que o próximo seja um pouco mais fácil do que o anterior. Dessa maneira, seu desenvolvimento será exponencial, então arrisque-se!

Nunca mais perca oportunidades!

Inscreva-se na na Pluo e fique por dentro das melhores vagas internacionais direto na sua caixa.

Nível de Inglês

Quando falamos de carreira internacional, um dos pontos chave para fazer as pessoas repensarem é justamente a barreira linguística e inseguranças com relação ao idioma. Sempre há a dúvida se o nível de inglês é bom o suficiente, se o sotaque atrapalha, se a gramática precisa ser perfeita e por aí vai. Mas o nível de inglês exigido pelas vagas internacionais não é tão alto quanto você deve estar imaginando.

Utilizando como base o CERF – Common European Framework of Reference de avaliação de idiomas. A partir do nível B1 você já poderia começar a aplicar para vagas internacionais que possuem uma maior flexibilidade no idioma.

Níveis B

Os níveis “B” são aqueles que te colocam como um comunicador independente. Ou seja, a partir desse nível você já seria capaz de se comunicar de maneira minimamente eficaz em um ambiente internacional.

B1 – Te possibilidade se comunicar de maneira mínima sem a necessidade de um interprete, sendo capaz de produzir textos de menor complexidade e lidar com conversações rotineiras simples. Algumas empresas maiores nos EUA e Europa costumam aceitar já a partir desse nível, já que a comunicação já é viável.

B2 – Te possibilita um maior horizonte de possibilidades, já que nesse nível você conseguiria se comunicar por texto sobre tópicos um pouco mais avançados e lidar com conversações mais específicas. Com esse nível de inglês você pode aplicar para as vagas com maior segurança para empresas também de médio e pequeno porte. A comunicação já é independente e não representa um empecilho para o trabalho.

Níveis C

O nível “C” já é o nível avançado de conversação no idioma. Quem possui alguma classificação dentro do espectro C é considerado um utilizador experiente e autônomo, sendo capaz de lidar com conversas em níveis mais complexos e desenvolver debates sobre assuntos variados.

C1 – Esse nível te coloca em grande vantagem no mercado de trabalho internacional, já que a partir dele você consegue se expressar sobre assuntos complexos tanto de maneira escrita quanto oral, sendo capaz de lidar com discussões sobre temas específicos. Geralmente é o nível requisitado por posições de liderança.

C2 – Nível máximo dentro do CERF. Nesse nível você é considerado bilingue e se comunica sem nenhum entrave de vocabulário ou gramática. A conversação entre alguém de nível C2 e um nativo se dá de maneira completamente fluida e não há problema algum de compreensão entre ambas as partes.

Os níveis básicos A1 e A2 não são recomendados quando falamos sobre oportunidades internacionais, já que nesse nível a sua compreensão e comunicação ainda são muito limitadas e basicamente não é possível se comunicar de maneira independente. Como são níveis básicos, a curva de aprendizado até os níveis B1 e B2 não é longa, e recomendamos que você se dedica a alcançá-los antes de começar a aplicar.

Lembre-se sempre de indicar qual é o seu nível de inglês no seu perfil na Pluo, isso faz com que as empresas tenham ainda mais confiança para te chamar para um papo quando você aplicar!

Alinhamento de Cultura

Um outro ponto de apreensão quando o assunto é seguir uma carreira internacional é o alinhamento cultural com as equipes no modelo remoto. É comum pensar que, por fazer parte de um país diferente, haverá algum atrito para se encaixar ou até o medo de ser deixado de lado. Mas temos boas notícias!

Cultura em empresas internacionais

A maior parte das empresas que contratam internacionalmente de maneira remota possuem times diversos com pessoas com diferentes backgrounds e muitas vezes, de diferentes partes do mundo, o que faz com que a cultura da empresa e do time em si não seja tão ligada geograficamente ao local da sede como inicialmente pode se pensar.

É muito comum vermos empresas localizadas nos EUA com profissionais da América Latina, Europa, India e China interagindo ao mesmo tempo. Esse tipo de time diverso, além de produzir um ambiente mais acolhedor faz com que dificilmente você se sinta deixado de fora. Em um lugar onde todos são diferentes, ninguém é diferente de fato.

Cultura na América-Latina

Um ponto positivo quando falamos sobre a América Latina em comparação com a cultura Norte-Americana é que não há uma separação tão grande. É claro que a cultura latina tem as suas especificidades, mas devido ao alto volume de conteúdo produzido pelos EUA que consumimos todos os dias, acabamos adquirindo gostos e visões de mundo ligeramente semelhantes, o que facilita a conexão entre as pessoas. 

Pense nos norte-americanos como primos distantes. Podem até ser um pouco diferentes, mas ainda assim fazem parte da mesma família do continente Americano. Então não se preocupe com as diferenças culturais nesse aspecto, foque em compreender como é a cultura da empresa e quais são os ideais valorizados por ela.

Variação no Câmbio

Infelizmente não existem soluções fáceis de resolver a questão do câmbio sem entender de mercado financeiro. Para se aprofundar neste tópico, você precisaria entender o funcionamento de contratos futuros de dólar dentro da bolsa de valores brasileira (B3) ou do país do qual você trabalha.

Basicamente, um contrato futuro de câmbio, permite com que você compre um seguro fixando o preço da moeda estrangeira em certo valor, mas o problema deste instrumento é que você precisa ter um montante de dinheiro grande para poder operar e ser relevante em sua posição contra o câmbio.

Como se beneficiar do câmbio sem ser uma pessoa de finanças?

Trabalhando do Brasil, receber em uma moeda forte como o Euro ou Dólar já faz com que você esteja em uma posição mais confortável com relação a inflação e proteção do seu poder de compra. Em um país tão instável políticamente, receber em uma moeda que se valoriza graças a essas instabilidades é uma boa estratégia.

Um dos maiores benefícios do câmbio é justamente a possibilidade de trabalhar para um país com um custo de vida maior e maiores salarios, vivendo em outro com custo inferior. Isso só é possível graças ao trabalho remoto e a Pluo. Uma das estratégias mais comuns é manter parte do dinheiro recebido no exterior, evitando os impostos e fazendo retiradas apenas nos momentos de câmbio favorável, assim você consegue maximizar seus ganhos com as flutuações do mercado.

Saber quando o câmbio está favorável depende do seu conhecimento de mercado, mas é muito comum ver nas próprias noticias os momentos de alta do dólar. E não se preocupe; com o tempo você aprende na prática a identificar os melhores momentos para essas retiradas também, fazendo com que você se sinta cada vez mais seguro.

Impostos

Os impostos, no caso do Brasil, são um ponto super importante de se discutir já que existem duas maneiras de se declarar o dinheiro provindo de uma fonte de renda no exterior: através de uma pessoa física ou de uma pessoa jurídica.

As duas maneiras de declarar impostos funcionam, mas tem um porém: declarar através de sua pessoa física dói muito mais no seu bolso do que abrindo a pessoa jurídica.

Impostos como pessoa física

Para declarar seu imposto de pessoa física você deve emitir uma guia do carnê leão com o valor integral de seus ganhos (valor bruto incluíndo as taxas da processadora de pagamento e o câmbio efetivo do dia). O imposto incidente neste tipo de tributação é…

De…

27,5% do valor BRUTO… Uma verdadeira facada no peito que pode ser evitada.

Impostos como pessoa jurídica

Já que você tem uma empresa incorporada, a sua alíquota de imposto dependerá do tipo de serviço prestado e declarado em sua nota fiscal, mas o setor de exportação de serviços possui uma grande vantagem: o ISS não incide sobre o cálculo do seu tributo, segundo a lei complementar 116 do código cívil Brasileiro.

O processo para o recebimento dentro da empresa jurídica é basicamente o seguinte:

  1. Emisão a invoice para a empresa que você presta serviço (algumas vezes isso já é feito de maneira automática)
  2. Envio de dados de pagamento para a sua empresa (seja ele SWIFT, PIX ou TED/DOC)
  3. Recebimento do dinheiro e emissão da nota fiscal no mês do recebimento do dinheiro, com o valor bruto recebido antes de ser cobrado pela operadora de câmbio

Nós recomendamos que você sempre cheque com um contador para ter maior segurança sobre como declarar seus impostos da maneira correta e não precisar se preocupar com as burocracias padrões desse processo. E caso opte por declarar como pessoa jurídica, um serviço de contabilidade se faz necessário. Porém no final, é bem mais simples do que a burocracia faz parecer.

Conclusão

Trilhar uma carreira internacional está longe de ser tão assustador quanto geralmente pensamos a princípio. Com um pouco de preparo, planejamento e coragem você consegue se jogar nessa nova fase da sua vida e trilhar um caminho de sucesso sem barreiras geográfias. E pode contar conosco pra isso!

Agora quero ver você construindo um perfil completo e aplicando para a sua vaga dos sonhos!

Share

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topics

Posts

Nunca mais perca grandes oportunidades internacionais!

Inscreva-se na na Pluo e fique atualizado das melhores vagas internacionais direto na sua caixa.